sexta-feira, 16 de setembro de 2011

By Dr Greenspan, M.D.


MAPA E QUESTIONAMENTO DO DESENVOLVIMENTO FUNCIONAL

Para avaliar se seu filho atingiu um novo marco funcional, a resposta deve ser “sim” a todas as perguntas daquele marco. Se você respondeu “não”, mesmo a uma só pergunta, a criança ainda dominou o estágio, crianças ainda não dominaram o estagio. Lembre-se, esse mapa é simplesmente um instrumento visual para chamar sua atenção para aquelas áreas de desenvolvimento em que seu filho está progredindo conforme esperado e para aquelas nas quais se pode estar encontrando algumas dificuldades.

Três meses (Estágio 1: regulação e atenção)
·       Seu bebê geralmente demonstra um interesse pelas coisas à sua volta, olhando para cenas e virando-se na direção de sons?

Cinco meses (Estagio 2: envolvendo-se em relacionamento)
( Faça perguntas de todas as categorias anteriores mais as novas perguntas desta categoria.)
·       Seu bebê parece feliz e satisfeito quando vê sua pessoa preferida: olhando e sorrindo, fazendo sons, ou algum outro gesto, como mover os braços, que indique prazer ou alegria?

Nove meses (Estagio 3: interage de maneira intencional)
(Faça perguntas de todas as categorias anteriores mais as novas perguntas desta categoria.)

Seu bebê é capaz de demonstrar o que quer tentando alcançar ou apontando para alguma coisa, estendendo os braços para ser segurado, ou fazendo sons especiais intencionais?
Seu bebê responde a pessoas que falam ou brincam com ele, ela fazendo sons, caretas, iniciando gestos (alcançar), etc.

De 14 a 18 meses (Estagio 4: Organiza cadeias de interações: Solução de problemas)
(Faça a pergunta de todas as categorias anteriores mais as novas perguntas para esta categoria)
·       
     Seu filho (aos 14 meses) é capaz de demonstrar o que quer ou necessita usando ações, como levar você pela mão para abrir uma porta, ou apontar para achar um brinquedo?
·       Seu filho (aos 18 meses) é capaz de orquestrar cadeias de interação mais complexas, enquanto resolve problemas e mostra o que quer, incluindo coisas como pegar comida, por exemplo, (ele/ela pega sua mão, leva você ate o refrigerador, puxa a maçaneta e aponta para um determinado alimento ou garrafa de suco ou leite?)
·       Seu filho (aos 18 meses) é capaz de usar imitações, como copiar seus sons, palavras ou gestos motores como partem de uma interação divertida, contínua?

De 24 a 30 meses (Estágio 5: usa idéias – palavras ou símbolos – para transmitir intenções ou sentimentos)
(Faça as perguntas de todas as categorias anteriores mais as novas perguntas para esta categoria)
·       Seu filho (aos 24 meses) sempre responde as pessoas que falam ou brincam com ele/ela usando palavras ou seqüências de sons que são claramente uma tentativa de transmitir uma palavra?
·       Ele/ ela (aos 24 meses) é capaz de imitar ações de faz de conta com familiares, como alimentar ou embalar uma boneca?
·       Ele/ela (aos 24 meses) é capaz de satisfazer algumas necessidades básicas com uma ou algumas palavras (pode requerer que o pai diga a palavra primeiro) como “suco”, “abre” ou “beijo”?
·       Ele/ela (aos 24 meses) é capaz de seguir orientações simples da guarda para satisfazer algumas necessidades básicas, por exemplo, “ O brinquedo está lá” ou “ Vem dar um beijo na mamãe”?
·       Ele/ ela (aos 30 meses) é capaz de envolver-se em brinquedos de faz-de-conta interativo com um adulto ou outra criança (alimentar bonecas, festas de chá, etc)?
·       Ele/ ela (aos 30 meses) – É capaz de usar idéias – palavras ou símbolos – para compartilhar seu prazer ou interesses? (“Olha o caminhão!”, por exemplo.)
·       Ele/ela (aos 30 meses) é capaz de usar símbolos (palavras, figuras, jogos organizados), enquanto brinca e interage com uma ou mais crianças?

De 36 a 48 meses (Estágio 6: Cria associações lógicas entre idéias)
(Faça as perguntas de todas as categorias anteriores mais as novas perguntas para esta categoria)
·       Seu filho (aos 36 meses) é capaz de usar palavras ou outros símbolos (p. ex. figuras) para demonstrar o que ele/ela gosta ou não gosta, tais como “que aquilo”, ou “não quer aquilo”?
·       Seu bebê (aos 36 meses) é capaz de envolver-se em brinquedo de faz de conta, com outra pessoa, no qual a estória ou drama faça sentido¿ (por exemplo, ele/ela leva os ursinhos para visitar a vovó e então fazem um grande lanche?)
·       Seu bebê (aos 36 meses) é capaz de começar a explicar desejos e necessidades (“Mamãe, sair.” “O que você quer lá fora¿” “Brincar”)? Pode necessitar de ajuda de múltipla escolha ( “O que você vai fazer, brincar ou dormir?)
·       Seu filho pré-escolar (aos 48meses) pode explicar as razões por que ele/ela quer alguma coisa, ou quer fazer alguma coisa (“Por que você quer o suco? ”...”Porque estou com sede”).
·       Seu filho pré escolar (aos 48 meses) é capaz de usar ocasionalmente sentimentos para explicar as razões para um desejo ou comportamento (porque estou feliz/animado/ triste)?
·       Seu filho pré escolar (aos 48 meses) é capaz de envolver-se em dramas de faz de conta interativo com crianças, bem como com adulto, nos quais há um numero de elementos que se ajustam logicamente (A criança vai para a escola, faz o trabalho, almoça e encontra um elefante na volta para casa)?
·       Seu filho pré escolar (aos 48 meses) é capaz de manter uma conversação lógica com quatro ou mais seqüências de troca sobre uma variedade de temas, desde negociar alimentos e horários de dormir até falar sobe amigos ou escola?

Entre as idades de 4 a 7 anos
·    
         Seu filho está envolvendo amizade com os colegas, incluindo dias para brincar fora da escola?
·       Seu filho é afetuoso e intimo com os pais?
·       Seu filho é capaz de negociar com duas ou mais pessoas ao mesmo tempo (p. ex. ir e vir entre os pais e a mãe para conseguir dormir mais tarde, ou ganhar mais um biscoito, ou para tentar convencer dois amigos a jogar o jogo do seu jeito)?
·       Seu filho é capaz de comparar duas idéias como explicar por que ele; ela gosta mais de um amigo do que de outro ou de uma comida mais do que a outra?
·       Seu filho é capaz de discutir como e por que ele; ela se ente de certa maneira?
·       Seu filho é capaz de regular seus impulsos, seus medos e ansiedades (controlar seu comportamento e acalmar-se com um pouco de apoio)?
·       Ele/ela está começando a dominar desafios acadêmicos, como aprender a ler, contar, somar e subtrair e escrever?

Aos 9 anos
·     
     Seu  filho está totalmente envolvido em amizades com outras crianças?
·       Seu filho é afetuoso e intimo com os pais?
·       Seu filho é capaz de lidar com desapontamento e/ou frustrações nos relacionamentos com iguais e/ou padrões familiares sem grandes acessos de raiva?
·       Seu filho é capaz de envolver-se em pensamento relativista (área cinzenta) (p. ex., discutir por que ele/ela gosta mais de uma criança do que de outra ou está um pouquinho triste, muito triste, ou muitíssimo triste)?
·       Seu filho está dominando habilidades acadêmicas adequadas à idade, como ler parágrafos, somar, subtrair com segurança e passar para multiplicação e divisão e escrever algumas idéias, em seqüência, em frases organizadas?
·       Seu filho é capaz de regular impulsos, medos e ansiedades e sentir-se bem consigo mesmo (a) a maior parte de tempo?

Aos 12 anos
·       Seu filho é afetuoso e intimo com os pais?
·       Seu filho é capaz de envolver-se completamente em amizades com iguais e, ao mesmo tempo, capaz de ter as próprias opiniões sobre si mesmo e sobre os outros?
·       Seu filho esta começando a formar suas próprias idéias interiores sobre o que é certo e errado, o que ele/ela gosta e não gosta e o que ele/ela quer fazer no futuro?
·       Seu filho é capaz de pensar relativamente (área cinzenta) e apesar um numero de fatores para chegar a uma conclusão (quer seja discutindo uma historia ou seus próprios sentimentos ou amizades, ou as razoes a favor ou contra uma ação e levando em consideração o presente, bem como o passado próximo e o futuro)?
·       Seu filho é capaz de raciocinar, pelo menos um pouco, sobre seus próprios humores e sentimentos e regular seus impulsos, ansiedades, medos e humores o suficiente para não ser prejudicado por eles?

Nenhum comentário: